sábado, 28 de maio de 2016

PREFEITURA DE ITAMARI INICIA OPERAÇÃO TAPA BURACOS NA BA 549


Mesmo não sendo de responsabilidade do governo municipal a Prefeitura de Itamari mais uma vez inicia ação Tapa Buracos na BA 549. Atento as necessidades da População, o prefeito nego, esteve presente juntamente com os profissionais da secretaria de obras e transporte, iniciando na tarde dessa terça feira 24 a operação tapa buracos.
O chefe do executivo vem se empenhando ainda, em buscar a solução, junto ao governo do estado a recuperação geral dessa BA que liga Gandú a Jequié, onde sabemos ainda a importância que a mesma tem para nossa região. Essa ação visa diminuir os ricos de acidentes e melhorar o trafego de veículos e pessoas. A operação tapa buracos, realizada pela Prefeitura de Itamari, se estenderá ao povoado de mineiro e ao povoado dos Cai N'Água.
Prefeitura de Itamari estamos fazendo a nossa parte.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Jequié: Doméstica acusa a mãe de ter vendido três netos por R$ 100 cada

Caso ganha repercussão em Jequié. Foto: Blog Marcos Frahm
A doméstica Alexandra da Cruz Ferreira, moradora da Primeira Travessa Senhor do Bomfim, no Jequiezinho, acusa a sua própria mãe Rita de Cássia Nascimento da Cruz,  de ter vendido três netos menores [filhos dela], em Salvador. A mulher que diz ser companheira de um homem que cumpre pena no Conjunto Penal de Jequié. Segundo Alexandra, sua mãe obteve a guarda provisória das três crianças, no período que uma delas contraiu Pênfigo (fogo selvagem)  e ela (Alexandra Ferreira) foi denunciada pela suspeita de ter queimado o menor. Uma das crianças que retornou para Jequié está com problemas de saúde e a mãe afirma que ela se queixa de maus tratos de que foi  vítima. Alexandra que é mãe de  cinco crianças diz que a sua denúncia na  época foi registrada no Conselho Tutelar de Jequié e também no Conselho de Periperi, no subúrbio Ferroviário de Salvador. Ela afirma que apesar da denúncia nenhuma providência foi adotada e continua na luta para ter de volta os seus dois filhos que afirma  desconhecer os paradeiros. As informações são do Jequié Repórter

Supremo Tribunal Federal suspende lei que autoriza paciente a usar pílula do câncer

O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou nesta quinta-feira (19) a lei que autorizada pacientes com câncer a fazer uso da fosfoetanolamina sintética, a chamada ”pílula do câncer”. Por 6 votos a 4, os ministros entenderam que a liberação da “pílula do câncer” deve ser obstruída. Eles utilizaram dois argumentos centrais. O primeiro é que não há testes científicos suficientes que comprovem que o composto seja seguro e eficaz sem colocar em risco a saúde dos pacientes. O outro defende que a norma editada pelo Congresso invadiu competência da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Foram a favor da suspensão da validade da lei da pílula do câncer os ministros Marco Aurélio Mello, Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Luiz Fux, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski. Os ministros Luiz Edson Fachin, Rosa Weber, Dias Toffoli e Gilmar Mendes defenderam que a medida tivesse validade apenas para casos de pacientes com câncer em estágio terminal. * Com informações da Folha

ITAMARI: PREFEITURA INTENSIFICA TRABALHO DE PATROLAMENTO NAS ESTRADAS VICINAIS DO MUNICÍPIO. E O TRABALHO JÁ COMEÇOU, MAIS UMA VEZ NA REGIÃO DAS TRÊS SEPAS.

Com a finalidade de melhorar os meios de transportes da população que residem na zona rural do município, a prefeitura de Itamari, por meio da secretaria de obras, intensifica os trabalhos de patrolamento e de recuperação das estradas vicinais do município na região das Três Cepas, já foram realizadas melhorias em diversos trechos. As estradas em todo o território vem passando constantemente por obras de manutenção.
Devido às fortes chuvas dos últimos meses, alguns trechos foram prejudicados, dificultando assim o tráfego de veículos e principalmente o escoamento da produção local, por isso, a necessidade de intensificar esse trabalho.
Para oferecer melhores condições de vida ao homem e mulher do campo e a toda a população que trafega pelas estradas que cortam o município

É mais uma ação do prefeito Nego, dando todo o apoio necessário para atender e melhor servir as comunidades.investimento que garante mais qualidade de vida para a população da zona rural e estudantes que trafegam diariamente, além da importância para o escoamento da produção agrícola do município. 
Prefeitura de Itamari, compromisso com você.

terça-feira, 17 de maio de 2016

PREFEITURA DE ITAMARI: NOTA DE REPÚDIO

Os meios de comunicações virtuais são ferramentas relevantes no contexto mundial. Entretanto, existem mídias locais “BLOGS” regionais que se prestam a publicar factoides e inverdades sobre realidades locais.
Neste sentido, repudiamos, veementemente, a matéria publicada pelo Blog Diário Paralelo Gandú – BA, e compartilhado pelo blog Apuarema 24h, que na última semana, publicou matéria inconsequente e inverídica acerca da realidade dos serviços de saúde no município de Itamari-BA, afirmando que os usuários do sistema de saúde deste município estavam abastecendo os veículos do município para a realização de deslocamento de saúde. Matéria mentirosa, que foi publicada por tais blogs.
Afirmamos que apesar das dificuldades financeiras e das limitações inerentes aos sistemas de saúde no Brasil, o prefeito Walter da Silva Jr. NEGO, tem garantido o funcionamento regular dos serviços de saúde no município.
Por conseguinte, a matéria publicada no referido veículo de comunicação, não condiz com a verdade, a qual atribuímos a interesses escusos de alguém que quer apenas denegrir a imagem da administração municipal. Em menos de 4 anos de gestão, a administração municipal vem garantido um serviço de saúde à população e investindo também em construção, reforma e ampliação. A exemplo da unidade de saúde de vila frança que já foi concluída, em ritmo acelerado está a construção da unidade de saúde do bairro Paulo ribeiro, reforma e ampliação das unidades de saúde do município e povoado. Construção da farmácia da Bahia.

A administração municipal ainda entregou uma ambulância 0Km. Nunca se investiu tanto no setor saúde como no governo atual, portanto a matéria divulgada pelos blogueiros é mentirosa.

segunda-feira, 16 de maio de 2016

ITAMARI: ESTUDANTES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO FAZEM CAMINHADA CONTRA A DENGUE


“Todos juntos contra a dengue” foi o tema da caminhada realizada pelos alunos da rede municipal de ensino, em mobilização contra a dengue. O objetivo foi conscientizar a comunidade sobre a importância do combate ao mosquito Aedes aegypti. O grupo chamou a atenção dos moradores com a distribuição de folhetos informativos e os gritos de guerra “Fora dengue”.
A caminhada faz parte do projeto desenvolvido nas escolas com o apoio de professores e coordenadores. A atividade leva os educandos a pensar que eles fazem parte da sociedade e que, além de seus direitos, eles também possui deveres, trabalhando a autonomia moral, fazendo-os se sentirem parte de algo maior, que vá além da sala de aula ou de suas casas, mas que envolve toda a cidade, o país, o mundo.
A aprendizagem não se dá apenas na sala de aula ou com os professores. Ela precisa de mediação, e qualquer pessoa, objeto ou atividade podem ser mediadores, pois podem provocar a vontade de aprender no indivíduo. É muito importante que a escola saia da estrutura tradicional. Os estudantes podem fixar melhor o conteúdo quando realizam atividades voltadas à população.
O Brasil inteiro está mobilizado e os cidadãos itamarienses também, estamos  fazendo a nossa parte.
Prefeitura de Itamari, quem ama faz assim.


quinta-feira, 12 de maio de 2016

Lídice diz que Governo Dilma foi traído por deputados que usufruíam de suas benesses

Lídice defende Dilma e ataca Temer. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) usou grande parte do seu discurso no plenário do Senado, na madrugada desta quinta-feira (12), para criticar os antigos aliados do governo da presidente Dilma Rousseff (PT) que agora apoiam o impeachment. ”Nunca um governo foi tão sordidamente traído como esse, por deputados e partidos que até ontem dele participavam e usufruíam de suas benesses e cargos”, disse a baiana, 46ª a falar durante a sessão que decidirá sobre a abertura do processo contra Dilma. Para Lídice, nenhum dos senadores ou deputados que se posicionaram sobre o processo conseguiu ”comprovar de forma cristalina e juridicamente incontestável” que a presidente cometeu crime de responsabilidade. ”O que menos se ouve é a comprovação do cometimento de crime de responsabilidade, substituído pelo falacioso argumento do conjunto da obra”, aí incluídas a crise econômica, o cruel desemprego, a difícil personalidade e a falta de diálogo da Presidenta, entre outros, num flagrante desrespeito aos princípios constitucionais”, criticou. A senadora classificou o processo como ”contaminado por um grave e irreparável pecado original: o de ter sido urdido, iniciado e conduzido, num gesto de vingança pessoal, pelo presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha”. Apesar de reafirmar críticas feitas anteriormente à gestão de Dilma, Lídice defendeu que o impeachment não será a solução para a crise que o país enfrenta. Em seu discurso, ela comparou o vice-presidente Michel Temer (PMDB) a Itamar Franco, que assumiu a presidência em 1992 depois de um processo semelhante ao então presidente Fernando Collor: enquanto o primeiro ”se recolheu ao silêncio e à discrição até o julgamento final”, Temer teria transformado o Palácio do Jaburu ”num comitê eleitoral pró-impeachment, arregimentando votos de deputados a favor da admissibilidade do processo, em troca de promessas de benesses, espaços e cargos”. ”Os anúncios de montagem desse novo governo, uma verdadeira e escandalosa feira de cargos, antes mesmo da manifestação do Senado Federal, foi uma clara atitude conspiratória que faria corar Frank Underwood, personagem da série de TV House Off Cards, em que um vice-presidente dos Estados Unidos conspira nas sombras para derrubar o presidente eleito e tomar-lhe o lugar”, avaliou.

Jequié: Pleito de Tânia não teve avanço nas últimas horas no Superior Tribunal de Justiça

Tânia permanece afastada. Foto: Blog Marcos Frahm
O pedido de suspensão de liminar e sentença, requerida pela prefeita Tânia Britto (PP) [afastada do cargo] ao despacho dado na sexta-feira (6/5) pela presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargadora Maria do Socorro Santiago, não avançou nas últimas horas no âmbito do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em Brasília. Às 9h da manhã de terça-feira (10/5), o advogado Heraldo Passos Júnior, representando a prefeita protocolou o recurso no STJ, chegando duas horas depois às mãos do presidente da Corte, ministro Francisco Falcão. A rapidez na tramitação acompanhada consulta processual [cópia acima] pela internet levou em Jequié muitas pessoas que integram o grupo político da prefeita a manterem a expectativa  de que uma decisão favorável seria expedida na mesma velocidade,  o que não veio a acontecer. Segundo o site Jequié Repórter, informações dão conta de que advogados representando o prefeito em exercício Luiz Sérgio Suzarte Almeida – Sérgio da Gameleira (PSB) – ingressaram no STJ em Brasília com pedido para que o recurso seja considerado improcedente. Após apreciação do pedido é que deverá ser expedida a decisão.

terça-feira, 10 de maio de 2016

Renan mantém andamento de processo de impeachment de Dilma no Senado

Senado teve sessão tensa. Foto: Moreira Mariz | Agência Senado
O presidente do Senado, Renan Calheiros, decidiu nesta segunda-feira (9/5) não reconhecer o ato do presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), que decidiu acolher recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) contra a deliberação da Câmara de seguir com o processo de impeachment. A decisão gerou uma grande revolta de senadores governistas, que eram a favor do retorno do processo ao plenário da Câmara. Classificando a medida adotada pela Câmara como ”absolutamente intempestiva”, Renan chegou a suspender a sessão por dois minutos para que os parlamentares se acalmassem. Ele criticou o ato de Maranhão, considerando que ”aceitar esta brincadeira com a democracia seria ficar pessoalmente comprometido com o atraso do processo”. De acordo com Calheiros, não cabe ao presidente do Senado dizer se o processo é justo ao injusto, mas ao plenário, em conjunto dos senadores.

Seguidores