quarta-feira, 4 de maio de 2016

Prefeito de Santo Antônio de Jesus pode perder o cargo, por irregularidades no São João

Humberto Leite
Então secretário de Cultura, Turismo e Juventude de Santo Antônio de Jesus, Everaldo Ferreira Júnior foi exonerado do cargo nesta terça-feira (3), a pouco mais de um mês do início da tradicional festa de São João da cidade. A demissão, até o momento imotivada, teria viés político. É o que sustenta o agora ex-titular da pasta, conforme publicação do site Bahia Notícias. De acordo com Ferreira Júnior, a gestão não aceitou a forma como ele vinha conduzindo os preparativos para o evento. ”Planejamos fazer o São João com R$ 2,5 milhões, de um orçamento de R$ 4 milhões que temos para o ano todo. Com essa preocupação de fazer um São João mais econômico, trouxemos a ideia de fazer algo resgatando as raízes do São João de nossa cidade, além também de fugir dessas denúncias e provocações do Ministério Público e de outros órgãos. No entanto, o prefeito tem um amigo conhecido como Dadau, o Reinaldo Mello, conhecido como uma figura folclórica que sempre faz o São João aqui. Ele se intitula como dono do São João, mas eu não permiti que ele interferisse. O São João é produto da secretaria de Cultura, não de uma pessoa em específico”, relatou. Segundo o ex-secretário, o serviço de organização da festa é ”quarteirizado” para Dadau pelas empresas vencedoras da licitação, já que ele nunca apareceria em documentos legais como produtor do evento. ”Perante as leis, Tribunal de Contas, MP, ele não é nada. Tanto que ele nem está implicado nessa denúncia do Ministério Público”, declarou. Ainda de acordo com Ferreira Júnior, o São João de SAJ sempre foi feito ”a toque de caixa” e sua demissão foi ”retaliação a não ter pactuado com o que foi feito no passado”. ”Não houve nenhum tipo de justificativa. Hoje de manhã, o prefeito me chamou e disse que eu seria exonerado”, afirmou. O episódio ainda gerou outra situação, no mínimo, constrangedora. Na segunda (2), mesmo sem a exoneração ter sido publicada no Diário Oficial do Município, a primeira-dama da cidade, Francineia Silva, divulgava em seu Facebook o convite da posse da mais nova secretária, Gilsonilda Correia Bonfim.
O São João de SAJ, antes circunscrito aos shows realizados na Praça Renato Machado, foi parar na Justiça. A grandiosidade da festa pode custar o mandato do prefeito Humberto Leite (DEM). O Ministério Público da Bahia (MP-BA) requereu ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) o afastamento temporário do democrata recém filiado. O gestor foi denunciado ao órgão após investigações realizadas pelo parquet apontarem irregularidades na contratação de atrações e da empresa que produziu a edição de 2013 da festa. Segundo a representação assinada pelo procurador-geral de Justiça Adjunto, Geder Luiz Rocha Gomes, e o promotor Wilson Henrique Figueirêdo de Andrade, Leite cometeu crimes de desvio de dinheiro público e contratações ilícitas. O MP-BA também denunciou Paulo Roberto Ribeiro Santana, representante da empresa PWR Produções e Eventos LTDA ME, pelos mesmos crimes.  O TJ-BA determinou no último dia 24 de abril o envio do processo ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). De acordo com a denúncia formulada pelo Ministério Público, a administração municipal contratou de forma ”direta e ilegal” a empresa PWR Produções e Eventos LTDA ME pelo valor de R$ 670 mil. O parquet ainda apontou como ilícitas as contratações dos cantores Gusttavo Lima e Adelmário Coelho e da banda Saia Rodada para realização de shows no evento. O órgão enxergou indícios de superfaturamento, já que a prefeitura pagou pelo cantor sertanejo R$ 380 mil, enquanto ele foi contratado por R$ 250 mil para apresentação no Distrito Federal. No caso do forrozeiro, a gestão municipal desembolsou R$ 140 mil. Pelo mesmo show, a Secretaria de Turismo da Bahia (Setur) pagou valor mais módico: R$ 80 mil. Já para o grupo de forró, a quantia despendida foi de R$ 150 mil, enquanto a banda recebeu “apenas” R$ 50 mil por um show em Ipojuca (PE).
Na denúncia, o MP-BA sustenta que Humberto Leite autorizou ”empenhos de despesas e ordenou pagamentos em favor da referida contratada, utilizando-se de verbas públicas, ilícita e indevidamente, em proveito alheio no valor de R$ 763.345,00, porquanto assim o fez lastreado em ajustes lastreados viciados pelas ardilosas inexigibilidades. O órgão acusa também a gestão do democrata de pagar às atrações cachês inferiores aos estabelecidos nos contratos. Gusttavo Lima recebeu R$ 330 mil, enquanto o acordo celebrado com a prefeitura determinava pagamento de R$ 380 mil. No caso de Saia Rodada, foram pagos R$ 105 mil por um show que, de acordo com o contrato, custou aos cofres R$ 150 mil. Com Adelmário Coelho, não foi diferente: o forrozeiro embolsou R$ 100 mil por uma apresentação que, aos olhos do contrato celebrado, deveria ter custado R$ 140 mil. O MP-BA ainda acusa o prefeito de ter elegido ”indicados particulares” e ”beneficiá-los financeiramente, impedindo, na tentativa de obter melhores contratos com a administração”. ”O gestor desobedeceu preceitos cogentes para beneficiar e acalentar particular simpatizante, para mero facere de agenciamento de artistas, numa ilegal terceirização”, argumentam procurador adjunto e promotor na denúncia. Já Paulo Roberto Ribeiro Santana, é acusado também de manejar indevidamente dinheiro público ”para finalidade diversa e imprópria”.

Sem vacina contra H1N1, servidores da Saúde de Jequié paralisam atividades nesta quarta

Servidores alegam
Em nota distribuída com a imprensa e direcionada à população usuária dos serviços de saúde, o Sindicato dos Servidores Municipais de Jequié e Região – SINSERV informa que os servidores lotados no setor,  a partir desta quarta-feira (4/5) e,  parte das equipes das Unidades de Saúde da Família de Jequié estarão paralisando as suas atividades. Informa ainda que, em assembleia realizada com o sindicato, os servidores que ocupam a função de Auxiliar de Enfermagem e Atendente de Consultório Dentário decidiram suspender as atividades diante da dificuldades de exercer o trabalho. O Sinserv presta os seguintes esclarecimentos: ”As Unidades de Saúde da Família estão funcionando de maneira precária, sem material necessário para o atendimento à população, inclusive com doses da vacina contra a gripe H1N1, insuficientes para atender a demanda; a situação da saúde do nosso município é de inteira responsabilidade dos gestores, portanto não é justo que os servidores suportem esse tipo de precarização das relações de trabalho. Conclamamos a todos para que lutem por uma saúde pública de qualidade e acessível à população. A categoria vai estar concentrada a partir das 8 horas na Secretaria Municipal de Saúde de Jequié. Durante a assembleia foi definido que a atividade paredista continua até quinta-feira, quando haverá nova reunião para avaliação sobre a continuidade do movimento”.

Irajuba: Professores paralisam e cobram da Prefeitura cumprimento do Plano de Cargos e Salários

Professores saem às ruas. Foto: José Carlos | Leitor BMF
Professores da rede municipal de ensino do município de Irajuba, no Vale do Jiquiriçá, saíram as ruas centrais da cidade na manhã desta quarta-feira (4/5) em forma de protesto contra a Prefeitura, após terem deflagrado greve por tempo indeterminado. Respaldados pela APLB Sindicato local, os servidores da Educação cobram da administração municipal o cumprimento da pauta de negociações referente ao pagamento do Piso Nacional Nacional e à elaboração e encaminhamento a Câmara de Vereadores do Plano de Cargos e Salários.
Servidores da Educação expõem cartazes com palavras de ordem
Servidores municipais expõem cartazes com palavras de ordem
Conforme os manifestantes relataram ao Blog Marcos Frahm, o prefeito Antônio Sampaio (PP) já teria sido alertado sobre a possibilidade de paralisação, caso o Projeto de Lei que dispõe sobre o Plano de Cargos e Salários dos profissionais da Educação não fosse encaminhado para aprovação da Câmara. Já a Prefeitura de Irajuba, informa que, o Projeto, de autoria do Poder Executivo, elaborado na semana anterior, inclusive com a participação de membros da APLB, já foi encaminhado ao Legislativo e que tramita nas Comissões Permanentes da Câmara. A paralisação da rede municipal deixa pelo menos 1.500 sem aulas.


terça-feira, 3 de maio de 2016

ITAMARI: PREFEITO NEGO ASSINA E ENTREGA TERMO DE POSSE A 125 SERVIDORES APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO

Em solenidade na manha desta sexta feira 29 no Cacau Fest Club, o prefeito Valter Andrade da Silva Junior (Nego) acompanhado da primeira dama Kássia Reigane, secretariados, vereadores e lideranças políticas do município, participaram do ato de entrega do termo de posse do concurso publico edital 001/ 2016 realizado em 28/02/2016. Pela prefeitura de Itamari. Na oportunidade o chefe do executivo entregou a 125 servidores aprovados em diversas áreas o termo de posse.
Emocionado em seu pronunciamento o prefeito Nego falou do seu sonho em realizar o concurso público no município e ainda dos grandes avanços que vem acontecendo na sua gestão. Esse evento ficará gravado na memória de todos os aprovados e de suas famílias que demonstraram muita alegria e agradecimento pela coragem e dinamismo do gestor municipal que vem governando com transparência.
Eles vão atuar em diversos setores da administração e começaram a trabalhar nesta segunda (02). Com isso a Prefeitura efetiva quase 100% das vagas oferecidas no Concurso Público realizado em março de 2016: Agente Administrativo, Asg Diversos, Asg Predial, Fiscal Obras, Gari, Guarda Municipal, Recepcionista, Auxiliar Tecnico Enfermagem, Agente Portaria, Motorista Categoria B, Motorista Categoria D, Agente Comunitário Saúde Area1, Agente Endemias, Nutricionista, Odontologo, Assistente Social, Farmacêutico, Port Psicólogo, Port Enfermeiro, Fisioterapeuta.
Prefeitura de Itamari nunca se fez tanto em tão pouco tempo. De portas abertas para transparência.


quinta-feira, 28 de abril de 2016

Morre aos 75 anos o ator Umberto Magnani, o padre Romão da novela ”Velho Chico”

Umberto Magnani sofreu AVC. Foto: Reprodução/Folhapress
O ator Umberto Magnani, de 75 anos, morreu nesta quarta-feira (27) no Rio. Ele estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, desde segunda-feira (25), quando sofreu um acidente vascular encefálico (AVE) hemorrágico. Magnani passou mal enquanto se preparava para gravar cenas da novela ”Velho Chico”, da Globo, na qual interpretava o Padre Romão. No mesmo dia, ele comemorava o aniversário de 75 anos. O Gshow fez uma homenagem ao ator e reunir vídeos com seus trabalhos; confira. O velório acontecerá nesta quarta, a partir das 21h, no Teatro de Arena Eugênio Kusnet, em São Paulo (Rua Teodoro Baima, 94). Na quinta-feira (28), às 11h, acontecerá um breve momento para despedidas na cidade natal do ator, Santa Cruz do Rio Pardo, no interior de São Paulo. A cerimônia será no Palácio da Cultura Umberto Magnani Netto (Rua Conselheiro Dantas, 220). O sepultamos será às 14h de quinta, no Cemitério Municipal de Santa Cruz do Rio Pardo. Umberto Magnani era casado com Cecília Maciel Magnani e deixa três filhos, Ana Julia Magnani, Beto Magnani, Graciana Magnani, e duas netas. O ator teve extensa trajetória no teatro, televisão e cinema. Informações do G1

Apuarema: Acidente entre moto e caminhão deixa jovem morto na Rodovia BA-547

Jovem Eliomar morreu no local. Foto: Apuarema 24 Horas
Uma batida entre uma motocicleta e um caminhão deixou o condutor da moto morto por volta das 17h desta quarta-feira (27/4) na Rodovia BA -547, estrada que liga o município de Apuarema a Jequié, no Médio Rio de Contas. Segundo apuradas pelo Blog Marcos Frahm, o motociclista foi identificado como Eliomar Pinheiro, de 20 anos, morador do distrito de Florestal, município de Jequié e no momento do acidente se deslocava de Apuarema para a localidade onde residia. O caminhão envolvido na colisão, e que trafegava no sentido contrário é um VW 24250 Bob Esponja Branco de placa NZF-7786 com licença de Jequié.O motorista do caminhão, que saiu ileso, disse que teria parado numa curva ao perceber que a moto invadiu a contramão e bateu contra o veículo baú, que transportava um carregamento de embalagens plásticas. O corpo da vítima foi removido ao IML de Jequié por uma equipe do DPT, pra o procedimento das formalidades legais.

Seguidores